domingo, 31 de maio de 2009

Acordou?


Com outra cara, o tricolor bateu a raposa e conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados pelos atacantes Washington, Borges e Dagoberto

O São Paulo enfrentou há pouco, no estádio do Morumbi, a equipe do Cruzeiro. Aliás, que timaço essa equipe mineira. No meio da semana, as duas equipes se enfrentaram pela Taça Libertadores da América, e deu Cruzeiro. Hoje eles se encontraram novamente, mas jogando pelo Brasileirão, e dessa vez deu tricolor.

Confesso que andei criticando muito essa equipe do São Paulo, em especial os jogadores Hernanes, Jorge Wagner e Washington que, visivelmente, não estavam em seus melhores momentos dentro da profissão. Hoje o tricolor do Morumbi venceu o Cruzeiro por 3 a 0 e detalhe, dos três atletas citados somente o Washington começou jogando. Que engraçado, foi outro São Paulo, muito mais valente e veloz. Os gols foram dos atacantes Washington, Borges e Dagoberto.

Muito diferente do que vinha acontecendo, o São Paulo teve uma marcação impecável, principalmente em cima dos craques Kléber e Ramirez. Claro que, em minha opinião, o Kléber foi muito castigado. Individualmente recebeu 14 faltas. Mas o tricolor também soube atacar e se movimentar, deixando a equipe mineira perdida em campo.

Fiquei muito contente com a atuação do estreante Marlos, no meio-campo do São Paulo. Jogou muito bem, é habilidoso, veloz e sabe dar assistência. Se continuar nessa toada terá lugar garantido na equipe de Muricy Ramalho.

Quem também fez um partidaço e mostrou que está preparado para ser titular foi o goleiro Denis, que está substituindo Rogério Ceni e Bosco – machucados. Já pensando no futuro, a diretoria são-paulina quer preparar um goleiro para substituir Rogério Ceni quando o craque se aposentar, por isso foram atrás de Denis. Com essa oportunidade, o jovem goleiro vem adquirindo confiança do torcedor tricolor. Acho que foi uma bela escolha da diretoria do São Paulo. Não tenho dúvida de que será ele o futuro arqueiro tricolor.

Pela Libertadores, o tricolor enfrentará novamente a raposa, dessa vez no estádio do Morumbi. A partida será no dia 17 de junho e valerá a vaga para as semi-finais da competição.

Imagem: Globoesporte.com


sábado, 30 de maio de 2009

O "vai e vem" no futebol mundial


Para quem pensa que com final de temporada na Itália e nos grandes campeonatos da Europa a bola vai parar se engana. Talvez dentro das quatro linhas sim, mas fora delas, começa aquilo que chamamos de “especulações” de transferências e negociações sobre o mundo da bola, no qual ganham as manchetes dos principais jornais mundiais, geralmente, envolvendo jogadores brasileiros.

Os nomes que mais chamam atenção neste momento são Alex Silva – atualmente no Hamburgo da Alemanha – e o Hernanes - volante do São Paulo. Segundo o diário romano “Corriere Dello Sport”, o Milan, que provavelmente terá o tetracampeão mundial Leonardo no comando da equipe, estaria de olho nos jogadores brasileiros. Se realmente isso for verdade, acho que seria uma ótima oportunidade para o São Paulo vender o atleta, já que ele não vem rendendo o esperado.

Na temporada passada, Hernanes foi considerado um dos melhores jogadores do Tricolor, mas não vem fazendo boas atuações nesse ano de 2009. Erros de passe e falhas na marcação têm sido problemas constantes que o jogador apresenta. Uma negociação com o clube rossonero, talvez poderia ser uma solução tanto para o São Paulo, que daria chances a novos talentos, além de conseguir um bom dinheiro pelo jogador, quanto para Hernanes, que poderia viver o encanto de jogar na Itália ao lado de grandes craques e, com isso, quem sabe até reencontrar o bom futebol.

Em contrapartida, a publicação afirma que Kaká poderá migrar para a Espanha, onde vestirá a camisa do Real Madrid. Não sei até que ponto isso pode ser bom para o jogador, principalmente agora que o Milan terá Leonardo como técnico.

Ainda de acordo com o jornal italiano, há rumores de que o meia Helano, do Manchester City, poderá ser contratado pela Internazionale de Milão, por cerca de € 9 milhões, o que daria em torno de R$ 25,1 milhões. Além disso, o lateral-direito Maicon também poderá ser contratado pelo Real Madrid.

Hoje, assistindo ao Globo Esporte, ouvi uma notícia de que Robinho não está feliz na Inglaterra, que estaria pensando em voltar ao Brasil. O presidente do Santos, Marcelo Teixeira, disse que conversou com o jogador, mas que sua vinda para o Brasil ainda é inviável. Já o técnico da equipe Santista, Vagner Mancini, não achou nada mal a ideia. “Qualquer técnico inteligente gostaria de ter Robinho em sua equipe. Aqui ele teria lugar garantido”, sorriu Mancini. Por outro lado, na Inglaterra, Robinho desmentiu ter dito que não está feliz. “Quero voltar sim, mas não agora”, segundo entrevista ao Globoesporte.com.

Será uma semana de muitas novidades no futebol mundial. Veremos no que vai dar.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Ganhar do São Paulo é como "bater em bêbado"


Jogando o “Feijão com arroz”, a equipe do Cruzeiro bateu o São Paulo e agora fica por um simples empate para seguir adiante na competição mais importante da América

O Cruzeiro venceu o São Paulo, no Mineirão, por 2 a 1 e saiu com a vantagem no duelo que vale classificação para a semi-final da Taça Libertadores da América. Superior o jogo inteiro, a equipe cruzeirense teve uma boa marcação e um ótimo toque de bola. Já o São Paulo, mais uma vez provou que precisa mudar muito seu estilo “previsível” de jogar.

É impressionante como a equipe comandada pelo técnico Muricy Ramalho se comporta de forma “sonolenta”. Isso é insuportável. Mais uma vez o Hernanes não viu a cor da bola. Aliás, depois que o ele resolveu não jogar mais, o São Paulo perdeu totalmente a referência no meio-campo. Não digo na forma de marcação, mas sim de armação de jogo, e pior, quando sai alguma boa jodada, para azar da torcida tricolor, a bola cai no pé do Washington “pé-de-breque”, e aí é bola perdida, sem nenhuma dúvida.

A próxima partida acontecerá no dia 17 de junho, no estádio do Morumbi, e para o São Paulo só interessa a vitória, o que definitivamente não acredito que acontecerá. O Cruzeiro tem um conjunto muito forte, além de mais sólido e apenas um empate classifica a equipe.

A torcida Sãopaulina é apaixonada por Libertadores e vai lotar o Morumbi, isso é certeza, porém esse time está dando sono, ao invés de empolgar e, se for para fazer feio mais adiante na competição, que então realmente não passe do Cruzeiro, mesmo porque a cobrança, por parte de imprensa e torcida, seria menor e minimizaria também o vexame.

Acho que a Libertadores ainda não está perdida para o São Paulo, mas cada vez mais longe. Ou Muricy toma atitude, mudando seu esquema tático e mostrando coragem ao substituir jogadores que não estão rendendo como Washington e Hernanes, ou terá, junto com a eliminação da Libertadores, uma terrível atuação no Campeonato Brasileiro, no qual se contentará em apenas brigar para uma vaga no torneio Sul-Americano.

Abre o olho Muricy. Abre o olho São Paulo.

Imagem: Agencia VIPCOMM/ Globoesporte.com

domingo, 24 de maio de 2009

Ainda existe honestidade no mundo

Sinceramente, há muito tempo não se assistia a uma atitude tão exemplar, tão honesta e digna de verdadeiros homens honrados. Num mundo que vive pela ganância, mesquinharia, interesses econômicos, guerras, mortes, corrupções, enfim, isso realmente torna-se surpreendente.

Numa partida que aconteceu na Holanda, entre Ajax e Den Haag, um jogador do Ajax se machucou e a equipe adversária colocou a bola fora de campo para que o atleta machucado fosse atendido. Após sua recuperação, esse mesmo atleta, com a posse de bola, devolveu-a para os adversários, como manda o tão famoso “Fair Play”,dando um chute e, involuntariamente, acertando o ângulo e marcando um verdadeiro golaço.

A reação, tanto dos jogadores do Den Haag – que sofreram o gol inesperado – quanto dos jogadores do Ajax foi de total espanto. Estava muito claro que a intenção não era marcar o gol, mas sim devolver a bola aos jogadores do Den Haag.

Acontece que, na Holanda, existe uma cultura muito mais desenvolvida, o Fair Play vai muito além de devolver uma bola ao adversário que prestou solidariedade. Neste caso, os jogadores do Ajax simplesmente ficaram parados em campo, deixando que os adversários empatassem o jogo e assim a partida continuasse de forma justa.

Obviamente, a equipe do Ajax não entrou em campo para perder. Vencer, com certeza, sempre é a meta de qualquer equipe ou jogador, independente do esporte que se está praticando. Mas para eles, uma vitória tinha de ser limpa, honesta, e aquele gol fugia totalmente daquela linha de pensamento. Nada mais justo que deixassem igualar o placar.

Um atitude que, na minha opinião, jamais aconteceria aqui no Brasil, onde todos sempre querem levar certa vantagem sobre seus oponentes. Aliás, isso não acontece apenas dentro de campo. O mundo vive isso também fora das quatro linhas.

O vídeo é sensacional. Vale a pena até guardar de recordação.

video

Se alguém estiver interessado em guardar esse vídeo, por favor, deixem um comentário e o e-mail que enviarei assim que possível

sábado, 23 de maio de 2009

Nota: Resultados de hoje

Neste sábadão tivemos alguns jogos importantes com vitória do favoritos.

jogos do Brasileirão - terceira rodada - já encerrados:

Corinthians 2 X 1 Barueri

Cruzeiro 2 X 0 Vitória

Goiás 0 X 1 Internacional

Com um gol de Taison, o Internacional assume a liderança da competição, somando nove pontos na tabela, com 100% de aproveitamento.

Amanhã, o jogo que marcará a rodada será o clássico entre Palmeiras e São Paulo, que acontecerá no Palstra Itália, às 16h.

O "Blogueiro" esteve de Férias, mas está de volta

Meus amigos,

Fiquei ausente do blog por quase 1 semana. Confesso que trabalho, faculdade e outras coisas mais, até mesmo na vida pessoal, me tiraram do circuito do futebol. Claro que resultados importantes aconteceram no meio da semana como, por exemplo, as vitórias de Inter sobre o Flamengo e Corinthians em cima do Fluminense, ambas pela Copa do Brasil. Sem contar a desclassificação do "temido" Boca Juniors, na Taça Libertadores da América. Mas tenho certeza que isso não fará com que o blog perca sua identidade. Pelo contrário. Volto justamente na véspera de um tremendo clássico do Futebol Nacional. Palmeiras e São Paulo, mais uma vez, se enfrentarão em partida que vale três pontos no Campeonato Brasileiro.

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, fez mistério nos dois últimos treinos que antecedem o clássico. Para Luxa, é necessário formar uma equipe que consiga dar conta das duas competições mais cobiçadas - Brasileiro e libertadores. "Temos de jogar o Brasileiro já pensando na Libertadores. Tivemos uma semana inteira para treinar e temos todos os jogadores à disposição. E, com a semana livre, não tem porque não jogar domingo e quinta com a mesma equipe", diz o treinador alviverde.

No São Paulo o que mais se fala é a entrada do jovem goleiro Denis, que será o titular contra o verdão, já que Rogério Ceni e Bosco estão contundidos. Acho que é uma boa hora para ele começar a se adaptar com a posição. Não tenho dúvida de que será ele o substituto definitivo de Rogério, quando o craque se aposentar. Para o técnico Muricy Ramalho, não será essa partida que definirá o futuro do novo goleiro Sãopaulino. "Não acredito no futebol de um jogo só. As pessoas sempre se enganam ao se empolgarem com um jogo só. Não será essa partida que vai definir se ele será o goleiro do São Paulo por muito tempo ou não. Temos de esperar um Brasileiro e uma Libertadores para ver se realmente o jogador é bom ou não", ressalta Muricy

O jogo entre Palmeiras e São Paulo será amanhã, às 16h, no estádio Palestra Itália. O meu palpite para o jogo é de 1 a 1 com uma partida bastante "truncada". Espero estar enganado. Não existe coisa melhor que assistir um jogo bom, com as duas equipes indo para cima, mas se tratando dessas duas equipes, não podemos esperar um jogo aberto, pelo menos o histórico desse clássico diz isso.

domingo, 17 de maio de 2009

Emoção no Beira-Rio


Hoje é domingo, dia de rodada do Campeonato Brasileiro e, para variar um pouco, as emoções começaram cedo para os torcedores mais apaixonados pelo esporte.

Vários jogos irão compor a rodada, mas acredito que a partida que chamará atenção de todos será entre Internacional e Palmeiras.

As duas equipes seguem com bom elenco, fazendo parte do grupo dos favoritos ao título nacional.

Para a partida, ó Inter poderá entrar com equipe reserva, já que prioriza, neste momento, a Copa do Brasil. O técnico Tite não contará com Magrão – lesionado – , Indio – que está gripado – e Alvaro que apresenta desgaste físico.

Por outro lado, a equipe do Palmeiras pretende entrar com força total para vencer a partida e seguir firme, buscando a liderança da competição. Para o técnico Wanderley Luxemburgo, é possível conciliar o Brasileiro e a libertadores da América, mesmo porque, segundo o técnico alviverde, não é muito recomendável ficar para trás na competição nacional pensando em priorizar outro campeonato. “Vão existir prioridades de acordo com o andamento dos jogos, mas não podemos desligar um só minuto das duas competições. No Brasileiro, muitas vezes é perigoso poupar jogadores. Trata-se de uma competição difícil, e time grande que fica nas últimas colocações tem dificuldades para se reerguer”, disse ao globoesporte.com.

O duelo trará um encontro de dois craques, Nilmar – pelo Internacional – e Keirrison – pelo Palmeiras. Sem dúvida teremos grande espetáculo na tarde desse domingo.