terça-feira, 10 de novembro de 2009

Calma lá, senhor presidente

Logo ele que é tão educado, íntegro, honesto, bom caráter, dentre outras qualidades, fazendo esse papelão todo.

Depois do "roubo" dentro do Maracanã na partida entre Fluminense e Palmeiras, o presidente do verdão, Luiz Gonzaga Belluzzo, andou dizendo por aí que se encontrasse o árbitro Carlos Eugênio Simon na rua o encheria de porrada.

Isso não é postura de um presidente de clube. Pelo menos para ele. Essa seria uma atitude digna de um Eurico Miranda.

Para piorar, Belluzzo continua fazendo declarações sobre o ocorrido de domingo e levando a culpa da perda do primeiro lugar para o árbitro já afastado pela CBF.

Sinceramente, com todo respeito ao Belluzzo, vejo essa contínua reclamação por parte da diretoria palmeirense como uma forma de fugir da realidade. Eles não querem assumir que a equipe não anda bem e que o único culpado pelo baixo rendimento é o próprio Palmeiras, e mais ninguém.

Sr. Belluzzo, esse papel, meio estilo Citadini-Eurico, não combina com o senhor.

foto: http://www.colunistas.ig.com.br/

2 comentários:

Equipe Esporte Total disse...

Não podia ter dito o que disse... tem que se conter mais.
Quanto a punição, concordo, o árbitro Simon errou na minha opinião.
Visite o nosso blog: http://esportetotalbh.blogspot.com/

Fernando Richter disse...

Sem dúvida. o Simon errou e não foi a primeira vez. Acho ele muito ruim! Mas confesso que não esperava tal atitude do Belluzzo