sexta-feira, 30 de outubro de 2009

E o líder continua líder...

Quatro equipes poderiam assumir a liderança do Brasileirão nessa 32ª rodada, São Paulo, Internacional, Atlético-MG, ou o Palmeiras, assegurarando a posição.

A primeira partida foi na quarta-feira, entre São Paulo e Internacional. A equipe do Morumbi venceu o confronto direto e assumiu, momentaneamente, a primeira colocação do campeonato e, para não perder tal posição, teria de torcer para os tropeços de Palmeiras e Atlético-MG.

O Atlético só seria o líder se vencesse a partida e o Palmeiras perdesse seu jogo. Aconteceu o contrário. O Galo foi ao Maracanã e perdeu para o lanterna da competição, o Fluminense.

Enquanto isso, no Palestra Itália o Verdão, que precisava apenas de um empate para não perder sua colocação na tabela, atropelou o Goiás. Venceu por 4 a 0 e garantiu a liderança da competição.

Pois é, a promessa que Muricy fez aos torcedores alvi-verdes foi cumprida, embora não tenha feito um bom começo de jogo, mas um maravilhoso segundo tempo, com três gols do atacante Obina. Há quem diga por aí que ele é melhor que Eto'o. Exagero ou não, o que importa para a torcida palmeirense é que ele resolve nos momentos mais difíceis.

7 comentários:

Mari Pessoa disse...

Palmeeeeeeeeiras!

Anônimo disse...

Quarta-feira foi um dia de princesa para os bambis...kkkk
Na quinta, de volta a realidade!

Fernando Richter disse...

Pois é, Sr. Anônimo, pena que faltou coragem para se identificar! Isso sim é coisa de bambi.

Mari,

Seu verdão vai ser campeão... bjs!

Fernando Richter disse...

Ah, Sr. Anônimo, "De volta À realidade" leva crase no "A".

Assim mesmo agradeço a visita. Bom feriadão.

Viviane Lima disse...

haha vc nao perde o habito de corrigir né Feh?

Se o palmeiras e o hulk o corinthians seria o q?

Esteban dL disse...

hahaha, Hulk, no podía quedarle mejor!

Fernando Richter disse...

vivi,

O que vc sugere para o corinthians?