quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Atlético-MG e Palmeiras ficam apenas no 1 a 1


Encerrando a 18º rodada do Brasileirão, Atlético-MG e Palmeiras fizeram um bom jogo, no qual não houve vencedor. A partida terminou 1 a 1.

O jogo começou quente e logo aos 5 minutos o Galo abriu o placar com Éder Luis. E aos 36, ainda do primeiro tempo, Ortigoza empatou para o Verdão. A primeira etapa se manteve equilibrada até o final.

No segundo tempo as coisas mudaram um pouco. Houve pontos positivos e negativos:

Pontos Negativos: Primeiro pela terrível arbitragem de Djalma José Beltrami. Só ele não percebeu o quanto a partida estava violenta, deixando o "pau comer". Segundo pelo gramado escorregadio. Terceiro por não mandar voltar o pênalti defendido por Marcos, quando aos 14 minutos Renan Oliveira chutou e Marcos, depois de se adiantar, praticou a defesa. Se fosse o Rogério Ceni o árbitro teria voltado, no mínimo, três vezes. E quarto por o árbitro não marcar falta nas três vezes em que o goleiro Bruno, ao repor a bola, ultrapassou a linha da grande área com a bola na mão.

Pontos Positivos: Na minha opinião, o que marcou a bela partida foram as boas atuações dos goleiros Marcos, que mesmo se adiantando ao pegar o pênalti, foi ele o responsável por garantir que o verdão não saísse derrotado do Mineirão, e Bruno que estreou na equipe titular do Galo fazendo, pelo menos, duas defesas que poderiam ter resultado na vitória do adversário.

Com o empate o Palmeiras garante a permanência na primeira colocação da competição. Já o Atlético consegue subir uma posição, retomando a vice-liderança.

A próxima partida do verdão será sábado, contra o Botafogo, no estádio Palestra Itália. O Galo joga somente no domingo, enfrentando o Corinthians no estádio do Pacaembu.

Lembrando que domingo encerra o primeiro turno do Campeonato Brasileiro.




4 comentários:

fanaticolor disse...

não sei o que é pior, torcer contra o Marcos ou torcer a favor do Atlético das Gerais...

O que mais me deixou confuso foi o fato do penalty para o galo ter sido batido pelo Renan, tava na cara que o Santo pegaria, além do mais o "muleque" não estava bem na partida. Por que o Júnior não bateu o penalty?

O jogo me mostrou 2 coisas.

1- é que o atlético não vai ser campeão brasileiro e talvez nem libertadores pegará, se o Diego sair fica pior ainda.

2- O palmeiras vem muito forte, mais uma vez era para ter ganho fora de casa, porém a diferença que já foi 12, foi cortada pela metade pelo Jason.

o sonho continua.

REAGE SÃO PAULO.

Fernando Richter disse...

Cara,

Tem toda razão. É dificil torcer contra o Marcos. É uma figura totalmente do bem.

Estava na cara que o Renan não balançaria a rede, mas acho que a arbitragem errou em não voltar o pênalti. O goleirão do Palmeiras se adiantou muito.

Sobre o Galo te digo que tenho CERTEZA que é o cavalo paraguaio dessa competição. O título ficará entre Palmeiras, São Paulo e Inter. Pode escrever...

Abraços

Rô Scola disse...

Queridos São Paulinos, falaram da arbitragem e esqueceram de alguns "detalhes", como os penaltis não marcados a favor do Verdão. Arbitragem ridícula.
Beijos Fê...

Fernando Richter disse...

Aliás, arbitragem é algo muito péssimo no Brasil. 80% do jogos no Brasil têm erros graves de arbitrsgem.

bjs Ro.

Fernando Richter